História

A feliz escolha da palavra Energia, numa eleição com os votos dos próprios alunos há alguns anos, determinou, além de um nome, uma proposta de ensino em Santa Catarina. Na realidade, uma instituição originária da exigente dinâmica de pré-vestibular tem muito a transferir, em filosofia de trabalho e qualidade de ensino, aos graus anteriores.

Diante de uma necessidade, criou-se uma identidade para o trabalho em nível de Ensino Médio que estava sendo aplicado, dando início a uma proposta educacional.

Hoje o Energia tem unidades de pré-vestibular em 18 cidades catarinenses, colégios de Ensino Médio em Florianópolis, Criciúma, Blumenau, Joinville, Araranguá, Tubarão, Curitibanos, Chapecó, Timbó, Brusque, Rio do Sul, Palhoça, São José e Videira, e ainda o supletivo de Ensino Médio, que está presente em Joinville e Araranguá.

No caso especial de Florianópolis, o Energia opera uma unidade de ensino infantil e fundamental, atendendo da Educação Infantil até a 8.ª série, no bairro de Jurerê Internacional, onde é proporcionada uma educação baseada numa proposta interativa. Oferece a aplicação da informática na dinâmica de aula, práticas escolares em ambientes externos com educação ambiental, interação social e filosofia para crianças.

Paralelamente à operação das escolas Energia, a proposta educacional é estendida a 82 instituições conveniadas em todo o Estado, através do fornecimento de material didático. Da Pré-Escola ao Pré-Vestibular, o material didático do Energia transporta, num moderno conceito pedagógico, a súmula da experiência e do conhecimento de um respeitável núcleo, que já soma mais de quinze anos de bom trabalho na área educacional.

ENERGIA[Do gr.enérgeia, pelo lat.energia.]S.f.1. Maneira como se exerce uma força. 2. Força moral; firmeza. 3. Vigor, força. 4. Filos. Segundo Aristóteles [V. aristotélico.], o exercício mesmo da atividade, em oposição à potência da atividade e, pois, à forma; energéia. 5. Fís. Propriedade de um sistema que lhe permite realizar trabalho. [A energia pode ter várias formas (calorífica, cinética, elétrica, eletromagnética, mecânica, potencial, química, radiante), transformáveis umas nas outras, e cada uma capaz de provocar fenômenos bem determinados e característicos nos sistemas físicos. Em todas as transformações de energia há completa conservação dela, i.e., a energia não pode ser criada, mas apenas transformada (primeiro princípio da termodinâmica). A massa de um corpo pode-se transformar em energia, e a energia, sob forma radiante, pode transformar-se em um corpúsculo com massa.

0.103